Sobre ansiedade e talz

An.si.e.da.de

Substantivo feminino.
Sentimento no meio do peito que parece um redemoinho. Começa num baque e abala os sentidos. Hábito de achar que temos que resolver tudo, mesmo aquilo que sabemos que não depende de nós.

Difícil de entender, mais difícil ainda sentir. Mas talvez não haja o que entender. Talvez seja só respirar e viver. Aceitar que nos cobramos demais nesse tempo que vivemos. Aprendemos assim. Herdamos isso em nosso DNA, dos nossos pais e avós. Das experiências que vivemos.

O ansioso cobra excelência de si. Quer ser coerente com o que prega, quer dar conta do mundo, quer que tudo aconteça agora e para isso vai fazer sua parte e a dos outros. Parece horrível, né? Mas é aí entra a mágica da vida: a ansiedade tem um lado extremamente positivo. Porque se não fosse por nós, loucos, ansiosos, quantas coisas simplesmente não aconteceriam? Não, não é delírio de grandeza… Só pare e pense na beleza dessa avidez pela vida. Dessa sede de fazer, de produzir, transformar… Somos pessoas com uma intensidade extra, aquela que nos faz por as duas mãos na massa sem medo de se sujar porque quer ver acontecer.

A delícia do processo de convivência com essa emoção é saber como lidar: não permitir que ela te paralise e usá-la como ferramenta de ação. Transmutar medo em força. Aprender o que se cobrar e quando parar. Agir mais e ruminar menos os pensamentos. Acho que essa é a lição que ela nos traz – viver mais. Porque quando fazemos isso, ela se sente ouvida e flui. E é quando tudo se encaixa e a vida fica mais leve.

Não, eu não vou dar uma de poliana e ver só o lado rosa da força porque é ano novo. A ansiedade nos faz sofrer e pode ser um problema gigantesco. Acredite, aprendi isso no nível hard. A forma como estamos vivendo precisa ser revista para que não percamos a sanidade que nos resta. É uma questão social indiscutível.

O que faço aqui é uma proposta de âmbito subjetivo, mesmo: e se, ao invés de tentar controlar esse redemoinho interno, nós o aceitássemos como parte do mosaico fantástico que nos faz únicos?

Feliz 2017 =)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s