Aquele sobre intensidades…

PERMITA-QUE-A-VIDA-LEVE-FOTO-01(Atenção: se você não entende de signos, recomendo uma passadinha no Personare ou a leitura de algum guia do João Bidu.)

Andei comentando por aí que na próxima encarnação quero vir com sol em Sagitário, ascendente em aquário e Vênus em Leão. Isso porque sou canceriana. E canceriano sente tudo muito sempre.

Mas a verdade é que não quero nada disso. Sentir muito significa se machucar, sim. Mas também quer dizer mergulhar com profundidade em tudo, e não só molhar os pés na beiradinha. E eu prefiro assim. Que graça teria se fosse diferente? Vamos deixar a frieza pra quem convém, o que não é o caso por aqui.

Confesso que algumas vezes pensei que não ia dar conta dos eitas que a vida trouxe. Mesmo assim, não trocaria a intensidade com que vivo minhas experiências por uma postura mais fria em nome de proteção. Quem vem sentimental, vem pra se molhar na chuva da vida, mesmo. Mas vem também contaminar o mundo com as cores do sentir, vem pra derramar sabores, pra atravessar o estômago de muita gente com uma revoada de borboletas, daquelas que deixa todo mundo perplexo, só pra perguntar no final, com um sorriso no rosto: é bom, né? Sentir assim, sem limites…

Por isso, retiro o que disse. Não quero nascer sob um signo controlado, desapegado ou o que quer que seja. Se não for pra ser intenso, inteiro, cheio de vida, deixo pra outra pessoa. Se não for pra chorar com uma música, rir com a piada mais besta e ser atravessada pela arte a ponto de não conseguir me expressar em palavras, não me serve.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s