Sobre o extraordinário

Z5tEym.jpg

Queremos tanto do futuro, mas levamos uma vida comum.

Somos tão ordinários em nossos pequenos compromissos e hábitos. Tentamos dar sentido à rotina com rituais diários irrelevantes, fazer-nos únicos na forma como preparamos o café ou escovamos os dentes. Nos livros que escolhemos, filmes que assistimos… A vivência de todos os dias (ou o capitalismo, a sociedade de consumo, enfim…) nos faz acreditar que devemos nos destacar através dessas escolhas quase insignificantes.

O que não queremos perceber é que o extraordinário em nós reside exatamente naquilo que duvidamos, nas coisas que pulsam dentro da alma, mas das quais fugimos por acreditar que nunca seremos bons o bastante, que não há o suficiente para oferecer.

Ensaiamos uma prática desse pulsar, imaginamos como seria fantástico oferece-lo à realidade se só… se apenas eu… E guardamos de novo naquela caixinha escondida, onde não corremos o risco de sermos julgados e execrados por nossa falta de talento, habilidade, o que quer que seu juiz interno escolha para te tolher.

Arriscar o extraordinário começa com o prosaico, com a arte do fazer e refazer algo que parece nunca estar pronto aos nossos olhos. É substituir a ritualidade desse pequeno baile de máscaras que vivemos por um processo de externar e trabalhar em algo que nos é tão natural e querido que beira a banalidade – e por isso negamos seu poder transformador. Por isso não acreditamos em sua excepcionalidade.

Por isso escolho acreditar no poder da ousadia: ousar ser/fazer algo que não se espera, viver além do mundano nas coisas mais corriqueiras. Expor-se no que sabemos ser mais íntimo e frágil, e por isso tão potente. É difícil sair do marasmo da mesmice e não duvidar de si mesmo a cada passo. Mas é inebriante quando se consegue.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s